Skip to content

FGTS Extrato





No Brasil, existe um fundo especial designado para trabalhadores denominado de FGTS. O FGTS é um benefício que cria recursos para o governo e um fundo de assistência para a exposição dos trabalhadores a algumas situações específicas. Saiba mais sobre o FGTS Extrato.

O Fundo de Garantia de Tempo e Serviço, também conhecido como FGTS, que é um fundo de indenização para funcionários, foi criado em 1967 pelo Governo Federal para proteger o trabalhador despedido sem justa causa com o objetivo de formar recursos de capital para os trabalhadores.

Desde 2008, o FGTS amplia seu domínio para outros segmentos de infraestrutura, como a construção de ferrovias, portos, vias navegáveis ​​e rodovias.




A importância deste fundo não é apenas utilizada para fins governamentais, mas também para financiar aquisições de imóveis que beneficiam cidadãos brasileiros, especialmente aqueles com menor renda.


fgts extrato

FGTS Extrato Caixa





Conforme dito acima, é possível consultar seu extrato através do site da Caixa Econômica Federal. Confira um novo passo-a-passo:

    • Acesse o site da caixa;
    • Tenha em mãos seus dados do NIS e clique na opção “cadastro de senha”;
    • Após ler atentamente as condições de uso e o regulamento, clique em “aceitar” para prosseguir;
    • Informe todos os dados pedidos com calma e conferindo se as informações estão corretas, para otimizar o processo. Após preencher todos os dados, siga em frente. Você precisará de seu Título de Eleitor.
    • Cria sua senha personalizada, que deve ser diferente de outras já existentes e que pode ter, no máximo, 8 dígitos.

  • Será enviado em seu e-mail uma mensagem pedindo a confirmação do cadastro. Confirme, faça seu login e consulte seu extrato do FGTS!

FGTS Extrato Online

Fazer o cálculo FGTS diretamente do conforto da sua casa e de forma simples e rápida é mais do que possível! Para isso, tenha em mãos as informações de seu NIS (PIS/PASEP) e sua senha de cadastro, que pode também ser a Senha Cidadão. Assim, é possível obter todos os lançamentos feitos no semestre.

– Ao entrar no site do FGTS Extrato para acessar seus dados, você terá uma tela escrita “Sou Trabalhador”. Nela, estará escrito Como acompanhar os depósitos do FGTS?”. Clique em cima dessa pergunta.

– Você será redirecionado para um espaço chamado “Acompanhe seu FGTS”. Ao rolar a página, o botão verde “Consultar extrato” aparecerá. Clique nele.

– Uma nova janela se abrirá, onde os dados citados acima serão pedidos e sua consulta poderá ser feita. Os dados cadastrais que aparecerão na tela são:

  • Saldo;
  • Dados cadastrais do empregador;
  • Data da última atualização realizada no saldo;
  • Dados cadastrais do empregado;

FGTS Extrato Pelo CPF

É possível consultar seu FGTS trabalhador a partir de seu CPF de duas formas extremamente simples.

– A primeira é através de uma ligação para a central de atendimento da Caixa, pelo número 0800 726 0207.

– A atendente virtual encaminhará seu processo, pedindo que, eventualmente, você informe o número de seu CPF. Siga os passos seguintes e consulte informações sobre a liberação do FGTS!

– A segunda forma é online, sendo essa consulta possível de ser feita diretamente do conforto da sua casa. Tenha consigo:

  • Título de eleitor.
  • O número do seu RG;
  • Número do CPF;
  • Número do PIS;

– Em seguida, entre no site www.caixa.gov.br ;

– Clique na aba “programas e benefícios”, clicando, logo em seguida, na opção FGTS;

– Insira o seu número do PIS, a senha de cadastro para finalizar o tutorial de

consulta extrato fgts

FGTS Extrato Consulta

Aprender a utilizar o serviço de FGTS Extrato Consulta, você garante estar ciente de todos os passos, pagamentos e depósitos que acontecem nele por um período de até 6 meses.

– Existem diversas formas de efetuar essa consulta: por SMS, pelo Site, pela Ouvidoria ou indo até uma agência da Caixa Econômica Federal. Conheça mais abaixo um passo-a-passo para fazer sua consulta do FGTS de forma online!

FGTS Extrato Pelo Celular

Um outro canal eletrônico lançado em 2016 – quando o FGTS completou 50 anos – foi o SMS FGTS. Mais de 12 milhões de trabalhadores já se juntaram ao serviço, que envia uma mensagem de texto no celular sempre que há movimento no Fundo.

– Isto aplica-se ao depósito mensal realizado pelo empregador, saldo atualizado com juros e correção monetária ou liberação de serviço. No ano passado, segundo a Caixa, 37 milhões de trabalhadores, em média, receberam depósitos mensais.

– Uma das vantagens do SMS, é que se houver alguma ocorrência na conta vinculada, o empregado pode pesquisar a empresa e solicitar a regularização imediata ao invés de deixá-la de lado até o momento em que será retirada.

O funcionário inscrito no SMS FGTS também pode receber informações sobre o saldo de suas contas inativas e diretrizes sobre os procedimentos para retirar dinheiro.

Novidades sobre o FGTS

A nova legislação (Lei 13.446) permite aos indivíduos retirar suas poupança de contas inativas no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, relacionado ao emprego que terminou por renúncia ou rescisão.

– Destinado a ser uma espécie de medida de estímulo econômico, a mudança também torna mais fácil para os ex-funcionários retirarem suas economias do FGTS para o serviço prestado.

– Além disso, o montante a pagar será aumentado através de uma distribuição única de participação nos lucros do FGTS ao abrigo de uma provisão relacionada.

– No entanto, em determinadas situações, como rescisão por justa causa ou renúncia voluntária, os funcionários podem não ter acesso imediato aos fundos em sua conta.

– Quase todos os funcionários do setor privado têm direito aos benefícios do FGTS. Os empregadores não são obrigados a cobrir os diretores, mas podem ser incluídos a critério do empregador.

Sabendo tudo sobre o FGTS Extrato, você está pronto para efetuar suas consultas a hora que quiser e através do meio que desejar, garantindo informação de forma rápida e eficiente!

– Os empregados temporários e aprendizes têm direito a um benefício parcial. O FGTS é totalmente financiado pelos empregadores. As contribuições dos empregadores devem ser iguais a pelo menos 8% do salário do empregado.